Archive for janeiro, 2013

Sem revisão, sem vontade.

E tudo volta a ser como um tempo atrás
Madrugadas acordado, lágrimas rolam,
Não tenho  paz.

Nostalgia,  melancolia
Dor de um vazio na cabeça
Vazio no peito
No futuro.

Olho tudo em cima do muro
Não sei o que devo querer,
Não sei como vivo, se me consome o que me faz morrer.

Algum tempo atrás eu quis whisky e Marlboro
Violão e varanda,
Simplicidade e  amor,
De repente me vi mudado,
Realizando o que viria a ser minha dor
Procurando planos e sonhos
Iludindo-me.   

Ah, como fica difícil a cada dia
Desânimo de um olhar pesado,
Cansaço de uma vida em vão.

Sem perspectivas pro futuro
Tudo escoa pelas minhas mãos,
Já não faz mas sentido escrever,
Talvez não faça sentido ler.

Se tudo que escrevo tem alma e direção
Falta um toque de alegria, falta satisfação.

Onde irei encontrar minha paz ?
Onde irei encontrar ?