Archive for Sem categoria

Não devo explicações, mas a inspiração assim me veio.

Tudo que não falo pra vocês,
eu digo pra poesia,
pego papel e uma caneta
e a mente quente fica mais fria.
Tudo que me revolta vem a tona em mais uma rima,
não me interessa se alguém gosta,
eu faço por mim, faço pra mim…
minha mente assim continua ativa.
Quando escrevo tem quem me entenda,
quem me julgue,
quem desfrute dos mesmos sentimentos,
e quando eu sangro nos versos
vai embora o desespero, o desencanto
e o desalento…
Assim descobri a minha salvação,
abraço o que está distante,
levanto o que está no chão…
dou relevo ao que erra irrelevante
e esqueceram ao decorrer dos dias.
Resgato alguns valores
e quebro algumas armadilhas.
Escrever pra mim é mais que ler,
a cada poema me sinto amadurecer.
Falam que é carência essa minha exposição,
carência e vir falar de mim
e não fazer o que está no seu coração!

A vida num RAP

Eu nunca tive avó, nem avô,
desde antes de eu nascer a minha família de separou.
Sem almoço de domingo, nem férias cheia de quitutes…
tudo o que eu quisesse dependia só de minha atitudes.
Comecei a trabalhar ainda novo,
Nunca aprendi a nadar,
mas desde os 10 anos, se precisar, eu faço um arroz, cozinho o feijão e frito um ovo…
Nada disso foi motivo de vergonha,
nunca precisei desviar meu caminho e esquecer minhas virtudes.
Nunca deixei de sonhar, o tempo passa e aprendi que não preciso de coisas fúteis.
Meu primeiro pc eu trampei pra conquistar,
e se eu não tivesse trabalhado também nem tinha um celular…
A verdade seja dita, nunca me faltou um prato de comida,
meus pais sempre me mostraram que com esforço e trabalho se vira o jogo em cima da vida.
Ficar reclamando de braço cruzado te faz um parasita e não uma vítima,
se quiser mudar seus passos comece pelo crescimento interno, e esquece as feridas…
Ainda não fiz nada além de sobreviver,
não fiz uma grande mudança no mundo
mas a sociedade ainda vai me conhecer,
não é fama não, é que todo mundo cresce quando não se porta como vagabundo,
e se fode quem se esquece
da essência que leva no peito
e as verdades guardadas lá no fundo.
Tem tanto rapaz que nem sabe o que faz,
tá existindo na vida e vai morrer sem nunca ter vivido,
a cobiça cega, os padrões criam tudo que nunca devia nem ter existido,
mas eu tenho fé que quem quer consegue
é só ter foco no teu próprio caminho,
aprender a dizer não pro que corrói,
não viver em busca de fuga, fugir só te destrói…
E aí parceiro, vai querer parecer uma puta
e se vender em troca de uns trocado pra pagar as contas e o alimento?
Se não for isso comece agora, estude e recicle a mente,
senão só vai conhecer um mundo cheio de tormentos…
Eu não quero isso, não!
O meu compromisso vai além do que seus olhos veem
e do que escutam os teus ouvidos,
meu compromisso não é com ninguém
porque no final das contas eu ando é comigo…
Os parceiros que não levem a mal,
mas é inevitável, cada um tem seu rumo, sua sina,
seu destino…
E acho que eu conheço homens com a mente feita
não com inocência e fragilidade de um menino…

Vem!
Me ajuda a tomar o poder desses assassinos,
vamos deixar de ser reféns,
a verdade é muito além disso tudo que conhecemos e temos vivido..